sexta-feira, 6 de fevereiro de 2015

Encontrinho de mulher Bella

Olá minhas queridas leitoras, tudo bem com vocês? Espero que sim.

Na semana passada fui convidada por duas amigas Cintia e Suelen para dar uma palavra sobre moda, na verdade sobre Não ser escravo da Moda, elas têm um empreendimento que deu super certo, vendem bolsas e rasteirinhas, sapatilhas, chinelos, sandálias, por enquanto somente calçados baixos, mas como o negócio está crescendo em breve terão uma coleção completa, já estive falando delas aqui. Atualmente elas vendem de porta-porta e  fizeram verdadeiras amizades com as clientes, por isso promoveram um coquetel para criar um elo maior entre cliente e vendedor, achei uma iniciativa muito interessante e tive a honra de estar lá falando um pouco sobre Não ser escravo da moda, neste mundo em que a moda se tornou uma industria, se não tomarmos cuidado saímos comprando desenfreadamente e acabamos nos endividando, trazendo transtornos psicológicos e financeiros e eu pude falar que é possível estar bem e bonita sem gastar muito, dizer que a mulher não precisa estar com roupas caras e sempre na moda pra ser alguém, pra ser notada. Precisamos valorizar aquilo que há de melhor em nós, que é o nosso caráter, nossa bondade, nossa capacidade de ajudar o próximo. Claro que devemos ser vaidosas e ficar bonitas sim, mas sem exageros nas compras.

IMG_0942-0IMG_0937-0IMG_0943-0IMG_0941-0IMG_0936

Para entrar no evento tinha que ir de Bella, e aí está minha rasteirinha que amo e a moça da direita é a Suelen com a mesma nos pés, hahaha.. arrasamos!

IMG_0935IMG_0934

Nesta oportunidade eu pude divulgar o blog e no final eu entreguei um bombom para cada cliente com o endereço do meu blog.

IMG_0434-0IMG_0436-0

IMG_0933

Foi um evento gostoso, um ambiente agradável, teve sorteios de brindes, interação, conhecemos pessoas novas, foi muito bom. Agradeço minhas amigas pelo convite, desejo muito sucesso a Bellas!

Mensagem do dia: "Por isso é que eu lhes digo: não fiquem preocupados com a vida, com o que comer; nem com o corpo, com o que vestir. Afinal, a vida não vale mais do que a comida? E o corpo não vale mais do que a roupa? Olhem os pássaros do céu, eles não semeiam, não colhem, nem ajuntam em celeiros. No entanto, o Pai que está no céu os alimenta. Será que vocês não valem mais do que os pássaros? Quem de vocês pode crescer um só centímetro, à custa de se preocupar com isso? E por que vocês ficam preocupados com a roupa? Olhem como crescem os lírios do campo: eles não trabalham nem fiam. Eu, porém, lhes digo: nem o rei Salomão, em toda a sua glória, jamais se vestiu como um deles. Ora, se Deus assim veste a erva do campo, que hoje existe e amanhã é queimada no forno, muito mais ele fará por vocês, gente pobre de fé!" (Evangelho de Mateus 6,25-30).